quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Curse of the Crimson Altar (1968)




Direção: Vernon Sewell 
Roteiro: Mervyn Haisman, Henry Lincoln, Jerry Sohl, Louis M. Heyward, Gerry Levy, H.P. Lovecraft 
Elenco: Christopher Lee (Morley) 
Boris Karloff (Professor Marshe) 
Mark Eden (Robert Manning) 
Barbara Steele (Lavinia Morley) 
Michael Gough (Elder) 
Virginia Wetherell (Eve) 
Rosemarie Reede (Esther) 
Derek Tansley (Juíz) 
Michael Warren (Motorista) 
Ron Pember (Frentista)
Denys Peek (Peter Manning) 
Rupert Davies (O Vigário) 







   No Brasil "A Maldição do Altar Escarlate", e nos EUA foi lançado como "The Crimson Cult", é um filme britânico com um elenco de peso, baseado no conto Sonhos na Casa da Bruxa de H.P. Lovecraft e uma das últimas aparições de um dos maiores ícones do horror Boris Karloff. 


   Robert Manning, um comerciante de antiguidades, recebe uma carta timbrada de Craxted Lodge, antiga casa que fica em Greymarsh, cidade onde seu irmão e sócio Peter havia ido em busca de artefatos para seu antiquário e por coincidência, onde viveram seus antepassados. Na carta Peter informa que retornaria antes do previsto por não estar muito bem de saúde. Passaram-se alguns dias e sem receber mais notícias, Robert decide sair em busca do irmão, chegando na casa, é recebido pelo Sr. Morley (lendário Christopher Lee) e ao perguntar sobre o irmão, o proprietário, diz que o mesmo nunca havia se hospedado lá, mas a fim de descobrir o paradeiro de Peter, Robert, resolve se hospedar na casa. Assim conhece a bela Eve Morley, sobrinha do Sr. Morley, durante uma festança que acontecia no cair da tarde, regada a muita bebida, drogas, mulheres semi-nuas e muita diversão típica dos anos 60. Com o passar dos dias Robert começa a ter pesadelos e alucinações com uma bruxa, onde participava de rituais macabros com pessoas fantasiadas de diversas figuras da mitologia pagã.



   Robert acaba conhecendo o professor John Marsh (Boris Karloff que já estava bem idoso e debilitado), um especialista em ocultismo, que o alerta sobre cultos de bruxaria e cerimônias que são realizadas no local para Lavínia Morley (interpretada por Barbara Steele, eterna musa do horror), bruxa que existiu há 300 anos, conhecida como a Bruxa de Greymarsh, "a mãe dos mistérios, a guardiã do segredo negro", e acaba descobrindo que é descendente de Jonathan Manning, um dos principais acusadores e responsáveis pela morte de Lavínia na fogueira. 


A alta sacerdotisa do mal... um demônio monstruoso com um desejo avassalador de sangue ... 


   É um filme com uma trama macabra, mas divertido, que vale mais pela participação de grandes nomes do horror e pelas cenas bizarras durante os rituais, mas que tem sua importância na história do cinema do horror







Nenhum comentário:

Postar um comentário